Foda-se, escreverei.

Aconteceu novamente. Mais uma vez abandonei o blog. Vários dias sem nada escrever. Já cansei disso. E quantas vezes já não disse a mesma coisa? Ando assistindo a vários filmes, e poderia escrever algo sobre eles, mas não o faço. Por que? Não sei o que escrever. E tudo parece já ter sido dito. Críticos melhores já comentaram sobre isso, Lucas. Aliás, sobre o que? Não tenho certeza se sei escrever sobre filmes. Mas como vou saber se nunca começar? E sobre música? Você gosta de música, por que não escreve sobre? Por que não escreve nada? Durante muito tempo eu pensei. “Por que escrever?”. E com certeza vou continuar pensando. Escrevo para que? Para quem? Para que tenho esse blog? Porque não escrevo em papéis e deixo jogados em uma gaveta. Está aí o erro que devo ter cometido algumas vezes. Estou a todo momento receoso quanto ao que vão pensar do que escrevi. Escrevo para os outros quando deveria fazê-lo para mim. Por que?

Não lembro se pensei em muitas profissões na minha infância. Eu sempre estive certo de que seria escritor. Talvez porque eu gostasse de ler. E admirasse aqueles que publicavam suas histórias, seus pensamentos, suas fantasias, seus devaneios… Tudo que pensava em ser era escritor, jornalista. Conforme cresci, pensei em outras coisas, sem nunca abandonar os dois primeiros. Ontem cheguei a uma conclusão que já tinha perdida entre meus pensamentos. Escrevo porque necessito escrever. Pois penso demais. Penso em vinte coisas ao mesmo tempo. Perco-me em meus pensamentos. Então… Ansiedade, ansiedade, ansiedade. Já fui dormir simplesmente para parar de pensar, quando não tinha sono. Escrever ajuda-me a organizar esses pensamentos. Ou ao menos a botá-los para fora. E se deles eu precisar, estarão aqui, escritos, esperando por mim. E pra que é que eu preciso que alguém leia isso aqui? Para nada. No máximo para fortalecer meu ego. E isso é algo de que vou tentar me livrar o mais rápido possível. Não vou mais esperar ansioso por um recorde do contador de visitas, como já muitas vezes fiz. Quem quiser comentar os meus posts, que comente, não vou mais ficar implorando por comentários, pois isso é ridículo. Quem quiser ler o que escrevo, que leia. Meus amigos já devem estar cheios de eu ficar pedindo pra ler isso ou aquilo. Escreverei para mim. E para quem quiser, não para quem eu pedir. Vou escrever sobre os filmes que assistir. Nem que seja um parágrafo. Até agora não escrevi pois pensei que não havia nada que eu pudesse acrescentar. Mas foda-se. Nem que eu repita tudo que críticos mais hábeis já tenham dito. Se eu não escrever sobre os filmes agora, não vou saber escrever depois. Então que diferença faz? Vou escrever sobre o que pensar em escrever. Não vou ficar pensando se vai ser bom ou ruim. Já que no meu ócio vou assistir a filmes, nada mais normal do que eu produzir algo sobre eles. Afinal, o fato de ser produtivo não quer dizer que é bom. Eu deveria seguir a dica de Athur Rimbaud, uma das faces de Bob Dylan na cinebiografia “Não Estou Lá”, e não criar nada. Ele me disse para não criar nada, pois serei mal compreendido e eternamente perseguido por isso. Mas quem disse que sou bom em seguir dicas? Aliás, como posso evitar uma necessidade? Escrevo e pronto.

Anúncios
Esse post foi publicado em O Cio do Lucas. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Foda-se, escreverei.

  1. C. Serra disse:

    Você escreve por dom e quando se tem o dom sucesso é apenas uma questão de tempo! Prossiga em seu caminho, parabéns!

  2. Denise disse:

    Escreva Lucas, escreva! 😛

  3. É isso ai… a gente tem que fazer o que tem vontade! E esse espaço é seu, não esqueça disso, ok? Continue escrevndo sim porque você tem talento garoto! Beijokas procê, @nannycorreia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s